IGREJAS

IGREJAS

1.Igreja Católica – Matriz de Nossa Senhora de Lourdes
 
A religião predominante no município de Campo Redondo é o Catolicismo. E as primeiras manifestações religiosas surgiram com a fundação da cidade, trazida pelos sertanejos que herdaram de seus pais.
 
Por decisão do proprietário foi construído na fazenda uma capela em homenagem a São Sebastião, mas que posteriormente passou a Nossa Senhora de Lourdes, em 1917, para levar até a povoação a presença religiosa e por gratidão do sucesso obtido na plantação do algodão e o êxito das lavouras.
 
A matriz de Nossa Senhora de Lourdes que era uma pequena capela, passou para um local no alto dos cruzamentos das ruas Dr José Borges de Oliveira com a Rua Nossa Senhora de Lourdes, onde ainda é hoje. Esta mudança aconteceu antes mesmo da Emancipação Política de Campo Redondo pelo Sr Cipriano Pacheco que fez a doação do terreno para paróquia que pertencia a cidade de Santa Cruz-RN. Neste período, não sabemos bem a informação do ano de quando foi erguida a Igreja na época com a autorização do Padre Raminho, e foi construída com uma estrutura arquitetônica da Arte Barroca.           
A Igreja Católica de Campo Redondo passou por uma grande reforma estrutural no ano de 1999, já que as condições internas do templo não dava condições de culto aos religiosos devido as inúmeras andorinhas que povoam o teto, que não era lajeado, e por esse motivo, prejudicava as atividades religiosas. Nesta época toda comunidade católica se mobilizou em torno da reforma, fazendo suas doações, e também o prefeito da época, o Sr prefeito Aluisio Eloi Rodrigues deu sua parcela de contribuição para tão sonhada reforma.
 
1.1. Pároco: Padre Idalmo Barbosa
 
Vários párocos celebraram missas na Matriz de Nossa Senhora de Lourdes: Frei Damião (o capuxinho) Padre Ermerson; Padre Monsenhor Raimundo; ex-padre Tarcísio; Padre Emanoel; Padre João Batista; outros e atualmente temos o celebrante Padre Idalmo César Barbosa Fernandes.
 
 
PERSONAGEM HISTÓRICA E TRADICIONAL DO CATOLICISMO DE CAMPO REDONDO
 
1.2.Uma vida, uma história dedicada  ao Catolicismo
 
A FM Vale das Serras 87,9 prestou uma homenagem a uma figura ilustre, histórica e folclórica do catolicismo de Campo Redondo, desta vez foi ao Sr Manoel Rodrigues da Silva mais conhecido como "NEZINHO", que tem atualmente 68 anos de idade, filho de nossa cidade e que desde os seus 10 anos de idade presta relevantes serviços a Igreja Católica de Campo Redondo. Ele está a 58 anos trabalhando e auxiliando as cerimônias e missas da Matriz.         
 
A padroeira da cidade de Campo Redondo é Nossa Senhora de Lourdes. A festa acontece no mês de novembro, onde temos vários eventos culturais e shows. Outro evento tradicional no município é a festa da Emancipação Política, que acontece no mês de março.  
 
A Igreja Católica de Campo Redondo construiu duas importantes capelas, a da comunidade da Malhada Vermelha (1) que tem como padroeiro São José e a capela da comunidade da Serra do Doutor (2) que tem como padroeiro Nossa Senhora de Fátima. 

       Capela da Malhada Vermelha      Capela da Serra do Doutor      

1.3. Maria Hercília da Costa - Uma mulher de fé
           
Conhecida por Mariinha Norberto nasceu em 19/02/1920, na cidade de Serra de São Bento-RN, adotando Campo Redondo como sua terra natal.  No ano de 1938 casou-se com Manoel Norberto, com quem teve 09 filhos. Mulher dinâmica, além dos afazeres domésticos, era costureira. Foi 1ª dama do município nos anos 1964/1969; assumiu o encargo de tabeliã substituta do Cartório Único de Campo Redondo, sendo promovida para titular do mesmo cartório em 1984, vindo a aposentar-se no ano de 1990. Foi alfabetizadora do MOBRAL Membro do Clube de Mães Nossa Senhora de Lourdes
 
Católica fervorosa e praticante.  Membro da Ordem Terceira de São Francisco – Zeladora da Igreja.  Como serva de Deus assumia os trabalhos na então Capela de Nossa Senhora de Lourdes, foi a 1ª Ministra Extraordinária da Comunhão Eucarística.           
 
Como catequista preparou muitas crianças e jovens, incentivando-os ao engajamento pastoral e ao serviço a Igreja do Senhor. Na Pastoral do Matrimônio e do Batismo preparava noivos para o casamento, assim como os pais e padrinhos para os batizados.       Fazia Círculo Bíblico nas residências e assim evangelizava as famílias campo-redondense. Como Leiga e Serva do Senhor seu testemunho de fé, zelo e dedicação pela Igreja, serve de exemplo para todos que caminham em busca do Reino de Deus.   
 
Sua casa e sua família sempre tiveram a porta e o coração abertos para acolhimento aos sacerdotes celebrantes de missas em Campo Redondo, quando ainda não era paróquia.          
 
Em reconhecimento a sua atuação na Paróquia de Nossa Senhora de Lourdes, o Padre João Batista de Lima, deu o nome de MARIA HERCILIA DA COSTA ao Centro de Pastoral, construído e inaugurado em 13/03/2004.  
Dona Mariinha faleceu no dia 19/10/2004, após enfrentamento de enfermidade, com sequelas de AVC.

 

2. Origem das Igrejas Evangélicas
 
Na década dos anos 60 e 70 deu-se início ao processo de evangelização do movimento protestante na região do Trairi em especial no município de Campo redondo, por meio dos pastores e fiéis oriundos de outras localidades do estado do RN e do país. A primeira igreja evangélica que surgiu no município de Campo Redondo foi a Assembleia de Deus que funcionava provisoriamente em locais alugados ou cedidos por fiéis. Com o passar dos anos a Assembleia de Deus adquiriu seu templo em definitivo situado ainda hoje na Av. Senador João Câmara. A segunda denominação que surgiu foi a Igreja Batista Regular vindos através do intermédio dos Missionários que vieram ao Brasil com o objetivo de expandir o movimento em todos os estados brasileiros. O movimento chegou a capital do estado do RN e em seguida chegou a Campo Redondo pelo missionário Benjamim Peterson.
 
E no final da década de 90 o município de Campo Redondo passou a contar com outras congregações: A Igreja Deus é amor; As testemunhas de Jeová; Igreja Adventista do 7º dia; Assembleia de Deus Madureira; Avivamento Pentecostal  e ultimamente a Igreja Universal do Reino de Deus.
 
A liberdade de cultos e de credos sempre foi aceito com normalidade pela população campo-redondense. As pessoas sempre se sentiram livres para aceitar ou não, qual religião seguir e orientar suas vidas.

  

3. Igreja Evangélica Assembleia de Deus
 
A Igreja Evangélica Assembleia de Deus de Campo Redondo surgiu no início dos anos 60 num período de crescimento do movimento evangélico no estado do Rio Grande do Norte influenciado por outros movimentos que estavam acontecendo em outros estados do Brasil. Um dos primeiros crentes que se converteu foi o irmão João Vicente, pai da primeira esposa de João de Abdias. No início do trabalho a Igreja Assembleia de Deus era apenas uma congregação da Igreja Assembleia de Santa Cruz – RN que era pastoreada  na época pelo pastor Francisco Bezerra da Silva, que realizavam cultos aos domingos, quartas e sextas.
 
Em 1961, o irmão José Praxedes, conhecido como Zé Panema organizou as negociações para a compra do local onde hoje funciona o templo central da Assembleia de Deus. E sua esposa irmã Creuza Praxedes fundou o primeiro Ciclo de Oração por volta de 1965, que hoje é muito tradicional nas Assembleias de Deus da região.
 
Em meados dos anos 60 o irmão Nobaldo Alves de Souza tornou-se dirigente dos trabalhos nesta época. Depois, o irmão Manoel Xavier dos Santos, que é irmão do saudoso Chico Xavier da Serra do Doutor,  assumiu o trabalho como dirigente, ele nos dias de hoje tem seu ministério na Assembleia de Deus da cidade de Santa Cruz, que coordena as demais igrejas Assembleia de Deus na região trairy. E com a saída de Manoel Xavier dos Santos ficou em seu lugar o irmão Romão Monteiro Galvão que permaneceu até o ano de 1979 nos trabalhos da Assembleia de Deus que já estava praticamente independente da cidade de Santa Cruz. Em 1980 a Igreja Assembleia de Deus já era uma igreja local independente com seu 1º pastor de fato.

 

Ministério Pastoral de 1980 aos dias atuais
 
O pastor Sebastião Luiz da Silva assumiu o ministério no início de 1980 e permaneceu até o ano de 1998, desenvolvendo a obra de Deus em Campo Redondo, fundando nesta época a congregação da Serra do Doutor. Ele permaneceu no ministério por quase 18 anos. E foi considerado o pastor trouxe o crescimento e afirmação da igreja nesta cidade. Em 1999 o pastor Severino Gomes Bezerra assumiu o ministério da Assembleia de Deus em Campo Redondo por quase dois anos, e deixou a igreja no ano de 2001. Seu ministério foi marcado pelo trabalho de moralidade e doutrinação severa. Com a saída do pastor Severino Gomes, quem assumiu os trabalhos aqui foi o pastor José Romão da Silva que começou seu ministério em 2002 e permaneceu até meados de 2007. O pastor José Romão fez um trabalho de expansão da igreja fundando o templo do Conjunto Margarida Procópio. Ficou a frente da Assembleia de Deus de Campo Redondo por 6 anos. Após a saída do pastor José Romão, quem assumiu o ministério desta vez foi o pastor Francisco Ivanildo de Lima, que desenvolveu seu ministério de 2007 até setembro de 2009, quando tomou posse o novo pastor Janilson Vicente em 07 de setembro de 2009 assumindo os trabalhos da Assembleia de Deus. O pastor, compositor e cantor Janilson Vicente já um dos pastores que mais investiu na infraestrutura do Templo Central. Nestes últimos anos o templo da Assembleia de Deus passou por uma grande reforma. Ele ainda fundou a congregação do sítio Ramal, que tem como dirigente Sebastião Tibúrcio de Souza.
 
4. Igreja Batista de Campo Redondo
 
A Igreja Batista Regular de Campo Redondo foi fundada no ano de 1974, pelo Missionário Benjamim Elmer Peterson, Norte Americano, oriundo do estado Americano de Minesota. O Pastor Benjamim como era conhecido, na época também trabalhava na fundação da Igreja Batista Regular em Currais Novos e resolveu estender seu ministério até a cidade de Campo Redondo. Chegando em Campo Redondo inicio o trabalho em uma tenda armada nas proximidades da ponte sobre o Rio Trairi, realizando ali, os primeiros cultos e ganhando as primeiras almas para Cristo. Em seguida adquiriu uma casa residencial na Avenida Senador João Câmara onde os cultos começaram a ser realizados e onde hoje é o atual templo da Igreja no centro da cidade.
 
O primeiro Pastor Brasileiro foi o irmão Manoel Batista, nascido na cidade de São Jose do Mipibu, trabalhou alguns anos na Igreja em Campo Redondo. Vários Seminaristas do Seminário Batista Bereiano também contribuíram com o trabalho evangelístico em Campo Redondo, entre eles destacamos os Pastores José Soares Filhos e Jonas Alves Ribeiro. Em 1985 chegou em Campo Redondo os Missionário João Marinho Campelo e James Gunning. O missionário James era natural da Irlanda do Norte e filiado a Missão Acre Gospel. Trabalhou em Campo Redondo até o ano de 1991, neste período, fundo a Congregação da Malhada Vermelha e do Conjunto Lauro Maia. O pastor João Marinho serviu a Igreja até o ano de sua morte ocorrida em 2001. Em 1991, a Missão Evangélica Amazônica envia para Campo Redondo o Missionário Plínio Damasceno Xavier. O pastor Plínio era oriundo do Estado do Acre e trabalhou em nossa Igreja até o ano de 1996 quando Deus o chamou para sua terra natal, deixando saudades no povo campo-redondense. Em 1997 chega a Campo Redondo o Missionário Samuel Scott e o Missionário Billy Jones que ajudaram na obra e depois foram morar em Santa Cruz. Neste mesmo ano, chegava a Campo Redondo o Missionário Trevor Bennet que trabalhou até o ano de 2001. Entre as muitas coisas que realizou, destacamos a fundação da congregação Batista em Lajes Pintadas. Em 2001, a Igreja Recebeu o Pastor Demóstenes Borges que trabalhou com a Igreja até o ano de 2003.
 
Neste mesmo ano o pastor Lenivaldo Gonzaga de Oliveira assumiu o ministério e atua até os dias atuais. Atualmente a Igreja Evangélica Batista tem exercido seu papel na sociedade campo-redondense. Tem cerca de 80 membros e 20 congregados. Sendo uma instituição religiosa, sem fins lucrativos, tendo como objetivos principais glorificar a Deus, edificar os crente e difundir a mensagem do evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo.

D:PROGRAMAS DA VALE DAS SERRASPROGRAMA AQUI TEM FEIRA LIVREMUSICA PARA NOTICIAS.mp3

 

4.1. Ministério do Pastor Lenivaldo Gonzaga
 
Nasci em Nova Cruz – a Rainha do Agreste -  aos 23  de outubro de 1975. Minha mãe ensinou-me a ler e escrever ainda quando era bem pequeno; aos cincos anos de idade comecei a ler o Novo Testamento o que mim levou a dedica-me a busca de respostas sobre a existência humana e o futuro que a espera. Aceite Cristo como Salvador na adolescência e logo comecei fazer cursos bíblicos e ingressei no Seminário Batista Regular do Sul de Curitiba PR, onde tive a formação teológica e a preparação adequada para o exercício do Ministério Pastoral. Ingressei no Ministério Pastoral no ano de 1994, quando naquele ano trabalhei na cidade de Santana do Matos. Em 1995 assumimos o Ministério Pastoral da Igreja Batista Regular em Carnaubais RN, cidade onde trabalhamos até o ano de 2003. Neste mesmo ano, sentimos o chamado de Deus para pastorear a Igreja Batista em Campo Redondo, chegamos aqui em um ano muito seco e passamos muitas dificuldades com a falta de água. Em 2006 ingressei na Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Licenciando-me em Letras em 2009. Além do Ministério Pastoral, tive o privilegio de servi ao povo dessa amada terra no campo educacional, exercendo a docência no Colégio Batista Regular e na Escola Dr. José Borges de Oliveira. Casei com Maria Dos Anjos e temos dois filhos: Abraão Benjamim e Rebeca Laís. Moramos em Campo Redondo há 10 anos e temos a alegria de conviver com as pessoas receptivas e amáveis desta querida cidade.
 
Fonte: http://pastorlenivaldo.blogspot.com/

  

4.2. Irmã Josefa Celina das Neves – 1ª crente de Campo Redondo
 
A Irmã Josefa Celina das Neves, completou 95 anos de vida. Nascida aos 06 de abril de 1917.  Converteu-se ao Evangelho no ano de 1935 (quando não existia sequer Igreja Cristã em Campo Redondo RN) e tem sido um exemplo de fé e de vida para todos nós. Casada com o Ir, João Dançarino, nunca teve filhos biológicos. No entanto, adotou Hulda, Barnabé e Katiuscia como filhos do coração. Viúva desde 1979 vive ainda na mesma casa, onde nos anos 40 aconteceram os primeiros cultos cristãos em solo campo-redondense. Desde 1974, é membro ativa da Igreja Evangélica Batista de Campo Redondo, lugar onde tem servido a Deus e tem dado lições de vida e fé a todos nós.
 
Irmã Zefinha ( como é carinhosamente chamada por todos) costuma acordar cedo para seus momentos devocionais. Ler a Bíblia todos os dias (mesmo com a vista já cansada) e gasta tempo com Deus em oração.  Sua freqüência aos cultos é constante. É quase sempre a primeira a chegar e a última a sair. Conselheira sábia de todos que buscam ajuda espiritual, ela tem há muitos anos exercido a função de Conselheira da Sociedade Feminina e dos crentes em geral (inclusive desse pastor). 
 
Parabéns Irmã Zefinha, que Deus continue lhe abençoando e permitindo que a Senhora continue sendo uma Benção na vida de sua Igreja.        
 
FUNDADOR DA IGREJA BATISTA DE CAMPO REDONDO, O AMERICANO BENJAMIN PETERSON, MORRE AOS 84 ANOS CUMPRINDO O IDE DE JESUS.
 
Na última segunda-feira, dia 22 de maio de 2017, partiu para eternidade um dos maiores missionários da história do movimento Batista do mundo, o americano Benjamin Peterson que fundou várias igrejas no RN e em especial a Igreja Batista de Campo Redondo da década de 70. O pastor Benjamin Peterson se destacou pelo seu carisma, retidão e amor pela obra de Deus.

O Pastor Benjamim trabalhou na fundação de várias Igrejas no interior do RN, entre elas estão a Igreja Batista Regular de Currais Novos, Igreja Batista Fundamentalista em Santa Cruz, Nova Cruz, Monte Alegre, São Bento do Trairy, Santo antonio do Salto da Onça, Campo Redondo e Tangará e, ainda ajudou por muitos anos as Igrejas em João Câmara e Poço Branco.

Aposentado desde 1996 quando deixou o Brasil e fixou morada no seu País de origem - Estado Unidos da América; o Pr. Benjamim Peterson aos 79 anos,  continua na ativa, servido a Deus em uma Igreja Batista próxima de sua cidade, levando adiante a vocação e o chamado recebido da parte de Deus para ministrar sua palavra e torná-lo conhecido no mundo.

Podemos dizer que o Pastor Benjamim Peterson é uma pessoa que tem cumprido sua missão como Homem, Esposo, Pai, Amigo e principalmente, como servo do Senhor Jesus Cristo. Lembro-me que ele fazia uso das palavras do Apostolo Paulo em II Corintios 4:5 " Porque não pregamos a nós mesmos, mas a Cristo  Jesus como  Senhor e a nós mesmo, como vossos servos, por amor de Jesus".
 
Fonte Pastor Lenivaldo

A RÁDIO FM VALE DAS SERRAS TRANSMITIU AO VIVO A INAUGURAÇÃO DA IGREJA ASSEMBLEIA DE DEUS MISSÃO CAJATI DE CAMPO REDONDO -RN.

Aconteceu na noite deste sábado (27), a Inauguração do Templo da Assembleia de Deus Missão Cajati de Campo Redondo na qual o pastor presidente deu posse ao pastor Vicente de Paula.
O evento de Inauguração contou com a participação do Pastor-presidente Joel C. Araújo , do Pastor Wilson Amaral I secretário e do  Pregador Odecio Oliveira - vice-presidente da CGADB de São Paulo.
O culto de inauguração foi transmitido ao vivo pela Rádio Comunitária FM Vale das Serras 87,9 sob a responsabilidade do apresentador George Araújo.